PROCFIT - Gestão Orientada a Processos

Enterprise Resource Planning: como o ERP vai ajudar nos resultados da empresa?

ERP empresa

A busca por melhores resultados deve ser sempre uma das maiores preocupações de qualquer gestor. Em um ambiente cada vez mais competitivo, é extremamente necessário que as empresas consigam se diferenciar, entregando melhores produtos ou serviços para os clientes e também otimizando os seus processos e fluxos internos. Nesse cenário, ferramentas de gestão como o ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos Empresariais) se fazem mais do que necessárias.

O enterprise resource planning, também chamado de software de gestão empresarial, é um sistema que integra todos os dados e processos da empresa em um único ambiente, que pode ser acessado por todo o time de colaboradores envolvido nos processos.

Com isso, é possível otimizar procedimentos internos, economizando recursos, permitindo uma atuação mais eficiente de cada colaborador e tratando a informação de forma mais segura e organizada. O ERP é, sem dúvida, um diferencial competitivo muito interessante para aquelas empresas que buscam se destacar.

Neste artigo, vamos analisar as razões pelas quais ele faz tanta diferença nos resultados. Acompanhe!

Maior integração com o Enterprise Resource Planning

Não é segredo que uma empresa integrada é muito mais eficiente. Uma das principais funções do enterprise resource planning é integrar todas as operações e dados da empresa em uma plataforma única, aumentando o controle de todos os processos e trazendo uma maior fluência de informação.

O ERP permite que os diversos setores da organização integrem seus processos, cruzando dados com diferentes áreas, aumentando o acesso à informação e facilitando a tomada de decisões. Essa ferramenta permite, inclusive, que empresas diferentes sob uma mesma administração consigam dialogar.

Em outras palavras, os diversos departamentos e equipes da empresa conseguem estar mais próximos e alinhados em prol de objetivos comuns, o que tem reflexo imediato nos resultados.

Melhoria na gestão das informações

As informações são um dos bens intangíveis mais valiosos de uma empresa. Você já parou para pensar o volume de dados e procedimentos que circula na sua empresa diariamente? São dezenas de pessoas lidando com informações complementares, que dependem de outros dados e que precisam ser gerados e manipulados de forma segura e eficiente.

Por isso, uma boa gestão das informações é fundamental. Manter todos os dados importantes para em uma única base evita confronto entre os diversos setores da empresa, aumentando a organização e a confiabilidade das informações.

Com um ERP, o fluxo da informação é simplificado, permitindo que os dados necessários sejam acessados de forma direta, rápida e segura, otimizando ainda a comunicação e o compartilhamento de dados entre os diversos colaboradores.

Otimização no uso de recursos humanos

O sucesso de uma empresa está completamente vinculado à produtividade da sua equipe. Um grupo que não rende o esperado e que não consegue alcançar os resultados necessários  é prejuízo certo para a empresa.

Tendo isso em mente é fácil perceber as razões para as quais uma ferramenta de gestão como o ERP é indispensável para o desempenho e um melhor aproveitamento de todas as potencialidades dos recursos humanos.

Antes de tudo, vale ressaltar que em um cenário de utilização de um enterprise resource planning, os colaboradores gastam muito menos tempo para realizar as tarefas, que já estão automatizadas e estruturadas de forma a serem eficazes e eficientes.

Além disso, o ERP minimiza também os erros e falhas ao padronizar os processos e criar fluxos que devem ser seguidos para que se consiga os resultados esperados.

Com o software de gestão um número maior de colaboradores está envolvido em cada processo e decisão, o que diminui a responsabilidade de cada um e aumenta a segurança do procedimento.

Economia de tempo

À medida em que elimina processos manuais, o ERP também diminui o tempo de execução da maioria das tarefas. Além disso, todo o processo de automatização, padronização de procedimentos e a troca de dados e informações atualizados e precisos faz com que o tempo anteriormente gasto com reuniões, planejamentos e correções de falhas possa ser investido na geração de resultados.

Quem atua no varejo sabe da importância de um ciclo de vendas veloz. O processo de entrega de uma mercadoria até o recebimento deve ser ágil e otimizado, o que pode ser feito, facilmente, pelo enterprise resource planning. Para compreender a sua atuação nesse contexto, basta saber que a ferramenta cuida do estoque, do fechamento contábil e financeiro, do banco de dados de clientes, prospecções, etc.

Redução dos custos operacionais

A utilização adequada do ERP significa uma redução considerável de custos operacionais, já que os fluxos, logística e processos são absorvidos pelo próprio sistema, que é capaz de gerar relatórios, cruzar informações e armazenar dados.

Em um contexto de extrema competitividade, a redução dos custos operacionais pode ser completamente significativa e relevante.

Maior controle das finanças e dos tributos

Os processos financeiros e tributários de uma empresa tendem a ser complexos e bastante estressantes para os envolvidos. Afinal, são centenas de variáveis e informações de extrema importância, e a possibilidade de um erro pode ser assustadora e complicada para a empresa.

É justamente por isso que a automatização é tão importante, trazendo mais segurança e simplicidade a cada um dos procedimentos. O ERP organiza e hierarquiza os dados financeiros e tributários, disponibilizando com bastante simplicidade contas a pagar e a receber, relatórios, impostos e taxas devidas, tornando o dia a dia da organização mais tranquilo.

Além disso, traz também ferramentas de inteligência de negócios, que auxiliam os gestores nas decisões, avaliações de dados e relatórios, o que deixa o fluxo mais eficiente.

Melhoria das estratégias de vendas

É preciso compreender que o ERP é uma ferramenta que centraliza e organiza todas as informações relevantes para a empresa e isso tem grande impacto para as estratégias e resultados de vendas.

A ferramenta permite que o gestor tenha acesso a informações indispensáveis para o seu planejamento, como produtos mais vendidos, produtos cuja venda está estagnada, retornos sobre investimento em marketing, etc.

A partir desses dados é mais simples traçar estratégias de venda, definindo quais produtos precisam de maior investimento, quais devem estar sempre presentes na cartela de vendas, quais preços devem ser alterados, dentre tantas outras informações, criando um fluxo de venda e um controle de estoque mais eficiente.

Entender a importância de um bom enterprise resource planning é o primeiro passo para o crescimento da sua empresa. É extremamente importante trabalhar com uma ferramenta que se adeque às necessidades da sua organização e que consiga solucionar os pontos mais importantes dos seus processos. Lembre-se, também, que é fundamental envolver o seu time de colaboradores no processo de transição, de forma a garantir que todos percebam a importância da mudança e se engajem nas melhorias e no desenvolvimento.

O enterprise resource planning pode ser uma estratégia determinante para que a sua empresa chegue cada vez mais longe. Para acompanhar outras novidades de gestão, tendências de mercado e dicas de administração do seu negócio, assine a nossa newsletter. Bom trabalho!

Icaro Kilinger

Adicionar Comentário

Siga-nos

Não seja tímido, entre em contato. Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.